Sábado, 20 de Janeiro de 2007
Eu e tu

Eu e tu é que colocámos o País na situação em que se encontra ?

Será que eu que sempre paguei os meus impostos, que pago tudo aquilo que adquiro é que coloquei Portugal na situação complicada em que se encontra ?

Quanto a ti não sei porque não sou eu que pago as tuas coisas nem regulamento a tua vida mas segundo creio antes, durante e depois é e será os políticos que afundam todo e qualquer País pois gerem dinheiros que não são seus e por isso, para eles, 2+2 não são 4.

Ministros, secretários, subsecretários, adjuntos, etc., etc., são necessários para todo e qualquer ministério mas, se só os últimos é que tem que fazer o trabalho porque será então necessários aqueles que só assinam por baixo e vem para a comunicação cantarolarem ?

Isto faz-me recordar à uns anos atrás , estando eu em L.M . actual Maputo no meu local de trabalho, quando dois africanos apareceram e um deles dirigiu-se a mim pedindo trabalho. Olhei para ele e perguntei : o que é que tu sabes fazer ? a que ele me respondeu : eu não saber fazer nada. Então voltei a pergunta-lhe depois de observar o que lhe acompanhava, e ali o teu amigo o que é que ele sabe fazer? resposta rápida : é meu ajudante.

A cultura geral não é só o que nos ensinam na escola e nas universidades, é também o dia a dia, o que vemos e ouvimos mas acima de tudo, o sabermos filtrar o necessário para sermos úteis aos que de nós dependem

Perante a situação em que se encontra o País, e depois de escutar os nossos políticos dizerem que temos que apertar o cinto ainda mais como se os culpados fossemos nós, resolvi fazer um estudo muito rigoroso e exaustivo :

Farto, fartíssimo das constantes exortações ao trabalho e das incessantes campanhas para aumento da produtividade nacional com que a imprensa, rádio e T.V . e no emprego, inclusive, nos bombardeiam diariamente, resolvi fazer a mim mesmo esta pergunta :

Mas quem, afinal de contas, trabalha neste País ?

E cheguei às seguintes conclusões :

As estatísticas oficiais indicam que :

A população de Portugal é de.................. 12.000.000

O nº de pessoas c/ mais de 65 anos é de.... 4.000.000

               restam para trabalhar................  8.000.000

O nº de pessoas c/ menos de 16 anos é........   5.000.000

               restam para trabalhar...............    3.000.000

Os funcionários públicos são em nº de.....    1.000.000

               restam para trabalhar................    2.000.000

O nº de agentes e intermediários é de......        850.000

                restam para trabalhar...............     1.150.000

O nº de directores-gerais, subdirectores,

superintendentes, oportunistas, alienados,

hospitalizados, vagabundos, cauteleiros e

similares é de............................................      850.000

               restam para trabalhar.................       350.000

O nº de militares é de................................       100.000

               restam para trabalhar.................       250.000

Mandriões, detidos, deputados, polícias,

padres e outros são de...............................       149.998

               restam parta trabalhar ..................                    2

E quem são esses dois ?

Um sou eu, e o outro é você. Creio que isto deve ser para nós dois um estímulo, um, sinal para redobrarmos a energia e a determinação.

Temos portanto que trabalhar e trabalhar muito, sobretudo você ... porque eu estou-me nas tintas para fazer sozinho o trabalho de um País inteiro !!!  ...

   



publicado por aruangua às 19:14
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Um Abanão

O baile da Caravana ! ! !

Será que estamos em Portu...

A grande BANDALHICE

Tá Calado

Estamos tramados

Eu e tu

Vamos deixar de falar de ...

Vamos ser claros

arquivos

Agosto 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds